Audiência Pública - Reforma da Previdência

por arp publicado 07/05/2017 09h56, última modificação 07/05/2017 09h56
Câmara Municipal de Arapiraca e Fetag assinam manifesto contra a reforma da Previdência...

“Assumo aqui publicamente e assino juntamente com 13 dos 17 vereadores presentes a esta audiência pública, o manifesto contrário a esta Reforma da Previdência, lesiva aos trabalhadores”, a afirmação foi feita pela presidente da Câmara Municipal de Arapiraca, Professora Graça (PDT), na manhã desta segunda-feira (17), no Clube dos Fumicultores, durante audiência pública em parceria com a  Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura do Estado de Alagoas (Fetag-AL), para discutir com os trabalhadores, a Reforma da Previdência, proposta pelo presidente Michel Temer (PMDB).

Centenas de trabalhadores rurais, representando os mais diversos segmentos sociais, que saíram às ruas de Arapiraca, tendo como ponto de concentração o Sindicato dos Trabalhadoras e Trabalhadoras Rurais de Arapiraca, no centro da cidade,  participaram do evento, que contou com a presença do deputado federal, Paulo Fernando dos Santos (Paulão) (PT).

Durante o pronunciamento, o parlamentar petista, chamou a atenção para quem apoiar a Reforma da Previdência, afirmando que nem adianta se candidatar, porque o povo vai dar a resposta e votar contra. “Devemos ficar atentos a todos aqueles que estiverem favoráveis a esta medida que vai acabar com os direitos adquiridos do trabalhador”, afirmou ele.

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Arapiraca, Hector Martins, disse que a instituição é totalmente contrária a Reforma da Previdência Social.

Segundo ele, a Reforma da Previdência da maneira como está propondo o presidente Michel Temer, é um retrocesso e o povo não pode aceitar isso, principalmente porque as garantias que estão na Constituinte de 1988, devem ser respeitadas em sua totalidade.

O vereador Pastor Marcos Caetano também se mostrou totalmente contrário a Reforma da Previdência, chamando a atenção, de que os propositores da reforma, esquecem de quem planta a comida que eles se alimentam, que é o homem e a mulher do campo.

Ao encerrar o evento, a presidente Professora Graça, em tom de desabafo, disse que aqueles que estão propondo esta reforma, nunca viram um homem ou uma mulher do campo trabalhando de sol a sol, pegando em uma enxada e produzindo o alimento.

Professora Graça ressaltou o trabalho do homem e da mulher do campo, enaltecendo a cadeia produtiva de cada um trabalhador. Ao criticar duramente as medidas da reforma, Professora Graça disse que o governo não tem programa de governo, mas programa de governantes e conclamou a todos a fazerem o trabalho de formiguinha, demonstrando o seu descontentamento de cada trabalhador brasileiro, que será penalizado, cobrando de cada político que o povo escolheu e colocou no poder, para que vote contra a Reforma da Previdência.

Participaram do evento, Secretário de políticas Agrárias da Fetag Alagoas, Genivaldo Oliveira, que garantiu que a entidade estará ao lado dos trabalhadores contrários a reforma da Previdência, a Presidente da Central Única dos Trabalhadores em Alagoas ( CUT-AL), Rilda Alves,  o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Metropolitano do Agreste, José Anselmo, o presidente do Partido dos Trabalhadores em Arapiraca (PT), Jader, , o presidente da Câmara Municipal de Mata Grande, Rodolfo  Izidoro, o ex-vereador João dos Santos e sindicalista, entre outras autoridades.

Estiverem presentes e assinaram o manifesto contrários a Reforma da Previdência, a Professora Graça, Moisés Machado, Melquisedec, Sinielza Pessoa, Fabiano Leão, Sérgio do Sindicato, Pastor Marcos Caetano, Thiago ML, Léo Saturnino, Pablo Fênix e Willomaks da Saúde.

 

Da Assessoria de Comunicação Social da Câmara Municipal de Arapiraca: Cláudio Roberto.