Resumo da Sessão do dia 19 de fevereiro

por arp publicado 21/02/2019 12h55, última modificação 21/02/2019 12h55

A Câmara Municipal de Arapiraca realizou na noite desta terça-feira (19), sua primeira sessão ordinária da semana com os trabalhos dirigidos pelo presidente Jario Barros.

Foi aprovada indicação do vereador Rogério Nezinho, solicitando á secretaria municipal de Educação, concluir a reforma da Creche do Povoado Cangandu.

Em sua justificativa, o parlamentar lamentou que desde junho do ano passado, foi iniciada esta reforma, porém, nunca foi concluída, obrigando os alunos a ficarem a casa sem estudar.

Ele classificou de irresponsável a falta de atenção da secretaria municipal de Educação e disse, que este mesmo problema está acontecendo em muitas outras localidades de Arapiraca.

Ainda de acordo com o vereador Rogério Nezinho, há mais de dois anos que ele vem cobrando da administração municipal, que no seu tendimento de da população de Arapiraca, continua parada e sem nenhuma perspectiva de melhora.

“É lamentável nós termos que todos os dias cobrarmos medidas efetivas desta administração parada e sem nenhuma perspectiva de melhora. Não é uma questão de ser oposição, mas de cobrança, onde nossas indicações solicitando as secretarias municipais melhorias para a cidade, em nome das comunidades, não tenhamos nenhuma resposta dos secretários”, desabafou o parlamentar.

O vereador Willomaks da Saúde, foi solidário com as palavras do colega vereador Rogério Nezinho, afirmando que os vereadores devem continuar cobrando da administração municipal a atenção para as indicações defendeu, um cronograma de obras realizado na cidade para que os vereadores possam acompanhar.

A vereadora Aurélia Fernandes, cobrou da administração municipal, a substituição de casas de taipas por alvenaria nas comunidades Poção, Xexéu e Lagoa do Mato, através dos Projetos da Funasa de melhoria habitacional.

Segundo a vereadora, são dez casas que vão beneficiar dez famílias da zona rural, que terão uma vida mais digna e condições adequadas de moradia.

Ele disse que os recursos já estão disponibilizados e defendeu a imediata execução dos trabalhos.

No espaço reservado as explicações pessoais dos vereadores, o vereador Fabiano Leão, voltou a falar sobre a falta de água em Arapiraca, lembrando que a Câmara Municipal já realizou umas quatro audiências públicas, inclusive com a participação dos deputados de Arapiraca e do presidente do órgão, Clécio Falcão e nunca foi resolvido nada e convidou os demais colegas para participarem, de uma audiência pública, no próximo dia 25, em Maceió, com o promotor de Justiça Alfredo Gaspar de Mendonça Neto, procurador-geral de Justiça, no dia 25, às 15h, tendo como local, o Ministério Público Estadual, com a presença de toda a diretora da Casal.

Ele também, agradeceu ao deputado federal Max Beltrão, em ter atendido o pedido do vereador com relação ao Morro Santo da Massaranduba, ao colocar emendas parlamentar para a execução das obras que já estão em fase de conclusão com a pista.

Fabiano Leão, defendeu que o Morro Santo da Massaranduba, vai se transformar no Turismo Religioso, colocando Arapiraca, na Capital da Fé Cristã de Alagoas.

Willomaks da Saúde, também falou sobre a Casal e garantiu ao vereador que vai está presente na audiência pública, para discutir não apenas a falta de água em Arapiraca, mas também, a instalação do Instituto de Criminalística (IC) e a questão das passarelas em Arapiraca, onde continuam acontecendo acidentes com vítimas fatais por falta de atenção sobre o assunto, como também, a iluminação na AL-220, que muito vem sendo discutida, porém, sem nenhuma resolução do caso.

O vereador Dr. Fábio, também foi outro a parabenizar o deputado Marx Beltrão, por ter colocado a emenda parlamentar conseguindo os recursos para o Morro Santo da Massaranduba, trazendo o desenvolvimento no turismo religioso para a Região do Agreste.

Ele também falou sobre a sua participação com o presidente da Câmara Municipal de Arapiraca, Jário Barros e com o presidente da União dos Vereadores de Alagoas (Uveal), Fabiano Leão, na última segunda-feira, de um encontro na Escola de Contas Públicas do Tribunal de Contas do Estado de Alagoas, do “I Workshop – As finanças municipais nos 30 anos de Constituição Federal/ 1988: Avanços e desafios”, tendo como local, o auditório Jorge Assunção.

Entre outros assuntos abordados no encontro, de acordo com o Dr. Fábio, foi o entendimento do TCU na utilização dos recursos do precatório do Fundef, como palestrante, que teve como Claudivan da Silva Costa, Secretário de Controle Externo do TCU em Alagoas.

 

Da Assessoria de Comunicação Social da Câmara Municipal de Arapiraca: Cláudio Roberto.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.