No Brasil, a data é celebrada desde o dia 9 de setembro de 1965

O Dia do Administrador, celebrado anualmente no dia 9 de setembro, foi lembrado na Câmara Municipal de Arapiraca com destaque a importância deste profissional indispensável para o desenvolvimento dos setores públicos e privados, além de seus benefícios para a sociedade como um todo. No Brasil, a data começou a ser lembrada a partir da promulgação da Lei n°. 4.769/1965 de 9 de setembro de 1965, responsável por regulamentar a profissão de Administrador no Brasil.

De acordo com o Voto de Aplauso do Legislativo, o trabalho e profissionalismo do Administrador são indispensáveis para o desenvolvimento das empresas e da sociedade. A mensagem foi encaminhada em caráter especial ao Conselho Regional de Administração e a imprensa local.

“Administrar é olhar para o passado, narrar o presente e preparar alternativas melhores para o futuro. Com ela se converte sonho em realidade, talento em sucesso. O administrador é capaz de criar e proporcionar a construção de riquezas, inovações, expressando várias maneiras de amor à profissão. Trabalha para produzir e melhorar a qualidade de vida das empresas. É função do administrador buscar o desenvolvimento também do país, seja na área pública e na privada. Por isso, congratulamos e aplaudimos, efusivamente, este importante profissional que possui conhecimento e poder para mudar a realidade. Ante o exposto, apresentamos esta singela homenagem aos profissionais que muito nos honra e dignifica tê-los em nossa sociedade, sendo o reconhecimento do Poder Legislativo de Arapiraca”, diz a mensagem assinada pela maioria dos parlamentares de Arapiraca.

Origem da data

A escolha do 9 de setembro como o Dia Nacional do Administrador é uma homenagem à assinatura da Lei nº 4.769, de 9 de setembro de 1965, responsável por regulamentar a profissão de Administrador no Brasil. A data também foi instituída pela Resolução CFA nº 65/68, de 09/12/68.

A profissão

O profissional de Administração pode exercer funções em empresas familiares, na área da administração hospitalar, gestão de pessoas, marketing, tecnologia da informação, consultoria, administração financeira, comércio internacional, professor de graduação, gestão estratégica, e etc.

Para exercer a profissão de administrador, o indivíduo deve concluir o curso de ensino superior em Administração de Empresas, numa instituição que seja reconhecida pelo Ministério da Educação e Ciência (MEC).